Marca portuguesa ZOURI lança linha de calçado que recolherá 50 toneladas de plástico das praias

A marca portuguesa de calçado sustentável e vegan ZOURI oficializa hoje um acordo com marca americana O’Neill, no intuito de lançar uma linha de calçado que recolherá 50 toneladas de plástico das praias portuguesas nos próximos dois anos.

A nova coleção “ZOURI x O’Neill Blue AW20: Our mission the Ocean”, pensada e desenvolvida pelas duas marcas, terá 12 modelos únicos produzidos com lixo do mar. Ao seguir uma linha de street wear orientada para o público mais jovem, esta permite sensibilizar as novas gerações para esta problemática. O resultado promete transformar o mercado do calçado a nível internacional e promover a preservação dos oceanos.

“Esta colaboração surgiu há sensivelmente um ano a partir de um contacto realizado pela O’Neill diretamente para nós. Durante um ano planeámos a melhor forma de desenvolver uma linha de calçado que fosse de acordo com os valores da ZOURI, não desvirtuando a nossa política de proteção dos oceanos. Ter uma empresa mundialmente conhecida como a O’Neill interessar-se por nós é sinal de um esforço e uma valorização da nossa marca além fronteiras. A ZOURI está preparada para ser uma das marcas de maior vanguarda da atualidade no mercado do calçado, em Portugal e no Mundo”, afirma Adriana Mano, fundadora da marca, em exclusivo à Green Savers.

A coleção vai disponível estar nas lojas já este verão, no mês de agosto, em 10 mercados europeus. Os novos modelos poderão ser encontrados tanto em loja física, como em loja online.

A ZOURI tem marcado uma das maiores revoluções na inovação em Portugal na área da Economia Circular, recebendo prémios do Banco de Investimento Europeu para a Inovação Social e o prémio nacional da Academia Eletrão.

Como explica a responsável, “O ponto de partida para a criação da ZOURI foi o da proteção dos oceanos, e consequentemente a preservação dos ecossistemas marinhos. Desde o início que já recolhemos 4,5 toneladas de lixo plástico das praias portuguesas. Um dos grandes problemas é que grande percentagem deste plástico não é possível ser reciclado, daí ir diretamente da praia para os aterros sanitários. A ZOURI vem dar resposta a este desafio, reutilizando este plástico, evitando que o mesmo volte para os aterros. Cada par de sapatilhas contém o equivalente a 8 garrafas de plástico.”

Além do cuidado na produção do seu calçado, a ZOURI tem realizado sessões de formação e workshops nas escolas, a fim de alertar para o perigo do consumo excessivo de plástico.

“Queremos muito que a ZOURI seja a grande inspiração para que as pessoas comecem a ver o plástico como matéria prima para desenvolver produtos inovadores, que a criatividade seja a grande resposta aos produtos e objetos poluentes resultantes do consumo. Alterar consumos, perceber que tipo de materiais são utilizados na confeção dos bens que adquirimos, e saber a pegada ambiental que estes possuem para que cheguem até às nossas mãos. Acredito que muitas ZOURIS nascerão com este propósito, tornando-nos a todos em produtores e consumidores mais conscientes de que não pode valer tudo. A Natureza vem-nos dando sinais, nós apenas os temos de saber interpretar”, conclui Adriana Mano.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...