Mercadona abre o primeiro supermercado em Guimarães

Com uma superfície de vendas de 1.900 metros quadrados e dispondo das secções de Talho, Charcutaria, Peixaria, Pastelaria e Padaria, Perfumaria, Frutas e Legumes e Pronto a Comer, esta loja possibilitou a criação de cerca de 65 postos de trabalho.

O espaço foi construído segundo o Modelo de Loja Eficiente da Mercadona, com corredores amplos, uma entrada de vidro duplo que evita correntes de ar, lineares específicos de leite fresco e sumos refrigerados, mural de sushi e uma máquina de sumo de laranja espremido na hora. As refeições do Pronto a Comer são servidas em embalagens fabricadas com materiais naturais, como de cana de açúcar, cartão ou papel.

O supermercado integra também o conceito de Loja 6.25, inserido na Estratégia 6.25 da empresa que tem o triplo objetivo de, até 2025, reduzir 25% do plástico, tornar todas as embalagens de plástico recicláveis e reciclar todos os resíduos de plástico gerados nas suas instalações, e que pretende transmitir aos clientes e colaboradores as ações que estão a ser levadas a cabo em relação à redução de plásticos e à gestão de resíduos.

No âmbito da Política de Responsabilidade Social da empresa, este novo supermercado doará, diariamente, de segunda a sexta feira, e desde o primeiro dia, bens de primeira necessidade ao Lar de Santo António, instituição local que apoia pessoas carenciadas no município.

No parque de estacionamento, além dos lugares disponíveis, conta com dois lugares destinados ao carregamento de veículos elétricos, ligados à rede MOBI.E.

Domingos Bragança, Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, afirma: “Guimarães recebe a primeira abertura de uma loja Mercadona no ano de 2021 a nível nacional, que corresponde a mais um investimento privado de relevante dimensão, o que demonstra a capacidade do Município para atrair recursos de criação de postos de trabalho e aumento da riqueza ao nível local. A abertura da primeira de duas lojas em Guimarães tem ainda expressão pelo atual período de pandemia que vivemos, afirmando Guimarães como um concelho estratégico para novos investimentos”.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...