Mercadona inicia teste com um camião 100% elétrico e livre de emissões



A Mercadona iniciou em Espanha um teste laboratorial nos seus processos logísticos, com a incorporação de um novo modelo de camião 100% elétrico na sua frota. O novo veículo permitirá à cadeia de supermercados espanhola reduzir a poluição sonora, mas também a poluição do ar, evitando a emissão de gases com efeito de estufa e gases prejudiciais para a saúde, como as partículas (PM) e o Óxido de Nitrogénio (NOx).

Com um motor Scania de 300 kWh, tem uma autonomia máxima de 220 km e um tempo de carregamento completo a 230 kW em corrente contínua de 90 minutos. Concebido para âmbitos urbanos, tanto para descargas diurnas como noturnas, trata-se de um camião rígido, multitemperatura, com capacidade para 21 paletes e uma Massa Máxima Autorizada de 26 toneladas. O seu equipamento de frio é também 100% elétrico e ligado à mesma bateria que o motor.

Durante o período de testes, que será realizado com uma unidade já incorporada na frota da Acotral, a Mercadona prevê otimizar os processos de carregamento, que realizará num dos cais do seu bloco logístico de Ciempozuelos, em Madrid, com o objetivo de aproveitar ao máximo os tempos de descanso dos condutores e os horários de carga de mercadorias.

O projeto permitirá à Mercadona reduzir ainda mais o impacto da sua atividade nas diferentes cidades onde a empresa está presente e, desta forma, reforçar o seu compromisso para com os objetivos do Pacto Verde Europeu e para com a Lei sobre Alterações Climáticas em Espanha.



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.