Miio vai manter o preço de carregamento de veículos elétricos

A miio, empresa portuguesa na área da mobilidade elétrica, anuncia que vai manter o preço de carregamento de veículos elétricos e assumir o custo da nova tarifa MOBI.E, que entrou em vigor no passado dia 1 de maio. Em toda a rede pública nacional, qualquer utilizador que use a App ou o cartão miio para carregar o seu automóvel, não será impactado com a tarifa.

“A miio acredita que esta é uma tarifa que deve ser suportada por cada Operador de Postos de e por cada Comercializador de Energia para a Mobilidade Elétrica. Assim, e sendo fiéis à nossa missão de simplificar a vida aos utilizadores de veículos elétricos, comprometemo-nos com a comunidade a não imputar o custo da tarifa MOBI.E aos clientes finais”, afirma Daniela Simões, CEO e co-fundadora da empresa.

Com isto, a miio passa a contar com um preço de energia fixo, pelo que para o consumidor final não existirá qualquer diferença, exceto o facto de poder aceder a todos os detalhes que compõem o preço final disponível na app.

Lançada há menos de dois anos, esta é atualmente a única aplicação que permite que o utilizador visualize o preço final e compare com tarifários de outros CEMEs (Comercializadores de Eletricidade para a Mobilidade Elétrica). Conheça melhor a miio através da nossa Green Talk.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...