Montenegro: quintinha do século XIX transformada em espaço moderno sem perder carisma

Localizada no coração da área protegida da baía de Cátaro, no Montenegro, esta quintinha do século XIX, Villa Monja, foi completamente remodelada pelo estúdio Enforma, um projecto complexo e que, ainda assim, conseguiu preservar todos os detalhes da arquitectura tradicional do Mediterrâneo e introduzir novos materiais no espaço interior.

Segundo o Inhabitat, os arquitectos deixaram as características exteriores do edifício intactas e focaram a sua atenção no interior, ao mapear as unidades de espaço e disponibilizarem vários ambientes num único local.

Assim, foi acrescentado uma escadaria de vidro e aço ao espaço central do edifício, que liga a sala de estar e o andar terrestre aos dois andares superiores, onde estão instalados os quartos. As vigas de madeira dão um ano rústico ao local – trata-se, afinal, de um local situado numa região Património Mundial da Unesco -, corroborando o interior dominado pela pedra. A falta de luz natural, muito comum nos edifícios daquela região, é introduzida por projectores discretos.

A sala de estar e a área da lareira são dois espaços independentes mas visualmente coerentes. Há ainda um quarto de crianças que se parece mais com uma casa de árvore. “Brincámos com os elementos tradicionais e modernos e os materiais naturais, dando à casa a oportunidade de juntar o espírito das casas de pedra tradicionais e a estética, conforto e função dos estilos de vida modernos”, concluíram os arquitectos.

Fotos: Relja Ivanic / Enforma

 

[nggallery id=2356 template=greensavers]

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...