Na Suécia os lugares de estacionamento começam a ter uma nova vida

A cidade de Estocolmo foi pioneira na experiência que agora se começa a espalhar pelo país, no âmbito da iniciativa “Street Moves”. O seu objetivo final é de que “todas as ruas da Suécia sejam saudáveis, sustentáveis ​​e vibrantes até 2030”.

Inspirado no conceito de “cidade de 15 minutos” de Paris, o projeto tem procura aproximar as comunidades deixando-as redesenhar as suas ruas e criar espaços verdes, locais de convívio e de descanso. Onde antes existiam lugares de estacionamento e carros, passam a existir zonas de ambiente compartilhado. A ideia pretende em simultâneo reduzir o tráfego rodoviário e as emissões de gases poluentes nas zonas urbanas.

“Hoje, as ruas são projetadas principalmente para carros, deixando pouco ou nenhum espaço para outras atividades. Não é sustentável”, explica Daniel Byström, diretor de projeto do ArkDes Think Tank, à revista FastCompany. “O que realmente ambicionamos é diminuir o ritmo nas ruas para que estas funcionem mais como os espaços públicos que são”.

A ArkDes, empresa de design urbano sustentável, que tem trabalhado com o a agência Vinnova no “Street Moves”, criou uma espécie de kits de móveis de madeira que originam espaços com bancos e mesas e até lugares de estacionamento para bicicletas e trotinetes. O primeiro teste na capital contou também com a colaboração de crianças de escolas primárias locais, dando-lhes a liberdade imaginar a sua rua, e teve uma boa recepção por parte das comunidades.

De momento, o projeto procura ser alargado a mais cidades. As próximas, segundo a ArkDes, serão Gotemburgo e Helsingborg.

 

Street moves (English Subtitles) from ArkDes on Vimeo.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...