Nascimento de rinoceronte branco em zoológico americano devolve esperança na recuperação da espécie

O Zoológico de Tampa, na costa oeste da Flórida (EUA), anunciou o nascimento de um rinoceronte branco como parte do programa para salvar esta espécie africana cobiçada pelos seus chifres e protegida por autoridades ambientais internacionais.

O ZooTamp detalhou neste fim de semana que tanto o filhote, que nasceu no último domingo, quanto a sua mãe, Alake, de 20 anos, estão de boa saúde.

“O bebé rinoceronte parece ser forte a mamar ao lado da mãe”, observa o zoológico em seu site.

O zoo ressalva que este é o oitavo filhote de rinoceronte branco do sul a nascer no ZooTampa no âmbito do programa de recuperação da espécie.

Alake acasalou com o macho Ongava através dos Planos de Sobrevivência de Espécies, supervisionados pela Associação de Zoológicos e Aquários que visa proteger espécies protegidas.

A população de rinocerontes brancos do sul havia diminuído para cerca de 50 a 200 indivíduos no início do século XX. No entanto, graças aos esforços de conservação, a população de rinocerontes brancos na sua área nativa na África aumentou para cerca de 20.400 animais, explicou o zoológico.

No entanto, a espécie continua classificada como “quase ameaçada” pela União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN) devido a ameaças na natureza de perda de habitat e caça ilegal das suas espécies.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...