Nova Zelândia: praça é reconstruída com caixas de madeira usadas (com FOTOS)

Em 2010 e 2011, a cidade de Christchurch, na Nova Zelândia, foi devastada por terríveis sismos. Porém, e em vez de chorarem eternamente, os habitantes desta pequena cidade foram reconstruindo aos poucos uma nova urbe, tendo sempre como elo de ligação a sustentabilidade – como, aliás, já publicámos no Green Savers.

Agora, a cidade acolheu uma nova praça, construída com mais de três mil paletes de madeira usadas. O objectivo é promover encontros comunitários num espaço que impacte o território.

Organizado pela Gap Filler – entidade que surgiu para preencher as áreas vazias da cidade, no pós-terramoto – a nova praça contou com a criatividade de designers locais e envolveu o trabalho de mais de 250 moradores de Christchurch e 50 empresas.

Ao longo de seis semanas, as paletes usadas foram reaproveitadas e a nova praça abriu ao público em Dezembro passado – como pode ver nas fotos abaixo.

Numa primeira fase, esta praça surgiu como projecto temporário – como tudo em Christchurch, na verdade -, funcionando apensa durante o Verão e promovendo apresentações musicais, projecções de cinema, oficinas infantis e mercados de segunda mão.

No entanto, quando chegou a altura de desmontar a praça, alguns moradores mobilizaram-se para manter o projecto. Foi feita uma campanha de financiamento colectivo, que rendeu €60 mil (R$ 170 mil), e organizado um modelo de patrocínios para cada caixa de madeira.

Hoje, a Pallet Pavilion – é assim que se chama a praça – funciona todos os dias e é patrocinada pela própria população. Um fantástico projecto de inclusão social e participação das comunidades no bem comum.  

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...