Novo capacete pode ler a mente dos ciclistas (com FOTOS)

Arlene Ducao, uma estudante do MIT, inventou um capacete que lê os pensamentos de quem o tem colocado, podendo ser um aliado para reduzir a sinistralidade relacionada com a utilização de bicicletas.

Denominado MindRider, o capacete tem um sensor que lê a resposta do EEG (eletroencefalograma) do cérebro, transformando esta informação num dispositivo LED que fica situado na parte de trás do equipamento. Desta forma, os automobilistas, motociclistas e colegas ciclistas podem perceber o actual nível de stresse de quem tem o capacete vestido.

Se os LED ficarem verdes, o ciclista está calmo. Vermelho significa grande stresse. Finalmente, as luzes a piscar querem dizer que o ciclista está bastante nervoso, pelo que será melhor deixar uma distância de segurança entre os veículos.

Segundo Ducao, o MindRider é apenas o início de uma visão para a próxima geração de dispositivos de inteligência e comunicação, que podem ajudar a melhorar o nosso bem-estar e até salvar vidas.

A investigadora planeia expandir a quantidade de estados mentais que o capacete consegue reconhecer, incluindo sensores de proximidade que possam permitir aos ciclistas perceber se estão perto de ter um acidente e, eventualmente, transmitir informações sobre o trânsito.

 

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php