O mundo dos hipopótamos: como se percebem e comunicam entre si



Os hipopótamos são animais que usam muito a voz para comunicar entre si, e esta pode ser ouvida até longas distâncias. Um novo estudo revela que estes mamíferos conseguem reconhecer as vozes uns dos outros, e que a sua resposta é influenciada por essa mesma razão. Assim, a forma como os hipopótamos respondem varia caso se trate de um amigo ou de um desconhecido.

“Descobrimos que as vocalizações de um indivíduo estranho induzem uma resposta comportamental mais forte do que aquelas produzidas por indivíduos do mesmo grupo ou de um grupo vizinho”, explica Nicolas Mathevon na revista científica Science.“Além de mostrar que os hipopótamos são capazes de identificar coespecíficos com base nas assinaturas vocais, o nosso estudo destaca que os grupos de hipopótamos são entidades territoriais que se comportam menos agressivamente com os vizinhos do que com estranhos”.

Ao trabalharem na Reserva Especial de Maputo, em Moçambique, os investigadores gravaram as chamadas de cada um dos grupos de hipopótamos. Para testar a sua reação às vozes do diferentes grupos – familiares, vizinhos ou desconhecidos -, reproduziram depois todas as gravações. As principais reações dos hipopótamos foram responder, aproximar-se do grupo ou pulverizar excrementos. Quando ouviam vozes de um grupo estranho, os hipopótamos respondiam de forma agressiva e pulverizando os excrementos, de forma a marcar o território.

Esta descoberta traz novas luzes sobre a forma como estes animais comunicam, mas também da necessidade de ter cuidado ao juntar grupos de hipopótamos. “Antes de realojar um grupo de hipopótamos num novo local, pode ser uma precaução transmitir as suas vozes em alti-falante para que os grupos já presentes se acostumem e a sua agressividade diminua gradualmente”, sugere o autor.



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.