com o apoio
em modo Escuro poderá poupar até 30% de energia. Saiba mais

O “superjacaré” que viveu na Amazónia há oito milhões de anos

Com uma dentada dilaceradora – a força poderia chegar até às sete toneladas – este animal pré-histórico alimentava-se diariamente de 40kg de carne. O ‘purussaurus’ chegou a medir 12,5 metros de comprimento, pesava 8,4 toneladas e viveu desde o Acre, no Brasil, até o Panamá, passando pelo que hoje são territórios da Colômbia, Venezuela e Peru.

De acordo com os cientistas, o desaparecimento do carnívoro voraz deu-se com o surgimento da Cordilheira dos Andes. O fenómeno geológico teria afectado a Amazónia. Devido às mudanças climáticas e geológicas, diversas espécies que serviam de presas para o Purussaurus foram desaparecendo de forma exponencial, causando um desequilíbrio na cadeia alimentar.

No Laboratório de Pesquisa da Ufac, em Rio Branco, capital do Acre, é exposta uma réplica em escala real dos ‘purussauros’ que habitavam aquele estado no norte do Brasil até o final do período Mioceno.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...