OCDE pede que se invista mais em tecnologia com baixo impacto de CO2

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), a ONU Ambiente e o Banco Mundial pediram aos líderes do países G20 para que façam mais para que o mundo mude de forma radical para investimentos e tecnologias baixos em carbono. O objetivo é limitar as consequências das mudanças climáticas.

O pedido foi feito no encontro dos G20 em Buenos Aires, com a entrega de um relatório onde se pede aos líderes que mudem radicalmente a forma como investimos e fazemos negócios se queremos cumprir os objetivos do Acordo de Paris.

“Investir em infraestrutura com baixo impacto do ponto de vista do carbono, resiliente do ponto de vista climático, é vital para o futuro do planeta, e pode também ser um motor de crescimento económico,” disse Gabriela Ramos, chefe de gabinete da OCDE.

Os sistemas de energia, transporte, habitação e infraestrutura de água são responsáveis por 60% das emissões globais, pelo que o relatório apresenta seis formas de fazer com que os investimentos públicos e privados se enquadrem nos objetivos do Acordo de Paris.

Recorde-se que desde ontem, 2 de dezembro, e nas próximas duas semanas, os líderes mundiais estão reunidos na cimeira da ONU COP24 para encontrar medidas concretas para cumprirmos o Acordo de Paris e limitar os efeitos das mudanças climáticas.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...