Os barcos electro-solares são o futuro das embarcações, e em Portugal há quem os fabrique

Existem mais de 53 mil barcos no mundo, segundo o Statista, e sendo que maior parte do Planeta é  água, não é difícil perceber que este é também um setor que precisa de sofrer mudanças. As embarcações eletro-solares são uma alternativa viável e mais eficiente a nível ambiental quando comparada aos tradicionais poluentes, sendo por isso uma aposta no futuro da indústria naval.

Em Portugal, já há quem invista neste conceito mais ecológico para o setor. Há cinco anos que a empresa Sun Concept se inspirou na sustentabilidade e na preservação do ambiente para fabricar embarcações eletro-solares. Os barcos Sunsailer 7.0 e o CAT 12.0, e destinam-se “a segmentos de mercado com necessidades específicas, designadamente o mercado de recreio mas também o mercado comercial e profissional (turismo e pesca).”

Como estes barcos ecológicos não se movem a combustíveis fósseis, não produzem gases de efeito de estufa, nem derramam óleos. São mais económicos, silenciosos e a sua estrutura respeita a fauna marinha.

O projeto Sun Concept-Solar Boat Builders tem o apoio do CRESC ALGARVE 2020, foi vencedor na categoria “Mar” dos Green Project Awards em 2017, e a sua história destaca-se no artigo “Marcelo vem conhecer Catamarã eletrosolar algarvio em Vilamoura” de Bruno Filipe Pires, finalista do mais recente Prémio Nacional de Jornalismo de Inovação.

 

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...