Papa Francisco recebe novo ‘papamóvel’ movido a hidrogénio

A Toyota presenteou o Papa Francisco com um ‘papamóvel’, um Toyota Mirai movido a hidrogénio e adaptado às suas necessidades de mobilidade por ocasião da Conferência dos Bispos Católicos do Japão.

O carro é um dos dois veículos Toyota Mirai especialmente fabricados pela Toyota e doados à Conferência dos Bispos Católicos do Japão para as deslocações do Papa.

O veículo tem 5,1 metros de comprimento e uma altura, incluindo o teto, de 2,7 metros, o que permite ao Papa Francisco levantar-se, estando à vista do público. O Toyota Mirai, cujo nome japonês significa ‘futuro’, é o primeiro berlina movido a hidrogénio de produção em série do mundo.

O carro tem autonomia de cerca de 500 quilómetros e não emite poluentes como dióxido de carbono (CO2) ou outras partículas. Na cerimónia de entrega, junto da residência do Papa Francisco na Cidade do Vaticano, estiveram presentes o Reverendo Padre Domenico Makoto Wada, em representação da Conferência Episcopal Católica do Japão, e o Embaixador do Japão junto à Santa Sé, Seiji Okada.

Esteve presente uma delegação de seis pessoas em representação da Toyota, chefiada pelo vice-presidente sénior da Toyota Motor Europe, Miguel Fonseca, e pelo CEO da Toyota Motor Italia, Mauro Caruccio.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...