Pastilhas elásticas: a praga pegajosa

De acordo com a reportagem do The Guardian, as pastilhas elásticas representam actualmente um dos grandes perigos para a saúde e ecologia das grandes cidades. Não só são o habitat perfeito para bactérias tão perigosas como a E-Coli ou a Salmonella, mas também representam perigo para a saúde da fauna das grandes cidades, como pássaros ou esquilos que, atraídos pelo aroma, as engolem e acabam asfixiados.

À semelhança da Cidade do México, muitas cidades pelo mundo já iniciaram programas de erradicação desta praga pegajosa. A Estátua da Liberdade tem uma equipa inteiramente dedicada à remoção de pastilhas elásticas. Em Londres, se alguém for apanhado a deitar uma pastilha para o chão terá de pagar uma multa de 50 Libras. Em Singapura as multas para quem mastiga pastilha podem chegar aos 500 dólares.

E em 2015 removeu-se uma parede totalmente coberta de pastilhas em Seattle que se tinha tornado uma espécie de ícone da cidade. Logo após a limpeza, a população local, indiferente às consequências, promoveu uma ‘flash mob’ para repor a acumulação de pastilhas no local.

Foto: Wiki Commons

 

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...