Poderá um pequeno peixe dourado conduzir um carro? A resposta é sim.



Pode parecer insólito, mas é real. Uma equipa da Universidade Ben-Gurion do Negev, em Israel, decidiu testar a condução de pequenos peixes dourados num veículo robótico e os resultados foram positivos. O principal objetivo da experiência era compreender as habilidades de navegação dos peixes fora do seu ambiente doméstico.

Foram então selecionados seis peixes dourados (Carassius auratus), três fêmeas, três machos e dois com sexo indefinido, com 15 a 18 centímetros de comprimento e 80 e 120 gramas de peso. Os peixes foram colocados dentro de um aquário com rodas, construído para a investigação, composto por um computador e um sistema de câmaras para gravar os seus movimentos. Em cada experiência, o veículo foi posicionado em diferentes partes de uma sala e foi definida uma meta, tendo o peixe de se dirigir até à meta para receber uma recompensa.

Os peixes demonstraram conseguir alcançar o alvo, o que sugere que têm uma capacidade de navegação que vai além do seu ambiente doméstico.

“O estudo sugere que a capacidade de navegação é universal e não restrita ao ambiente. Segundo, mostra que os peixes dourados têm a capacidade cognitiva de aprender uma tarefa complexa num ambiente completamente diferente daquele em que evoluíram”, afirma Shachar Givon, uma das autoras do estudo, publicado na revista Behavioral Brain Research. “Como qualquer pessoa que já tentou aprender a andar de bicicleta ou conduzir um carro sabe, no início é um desafio.”

Pode ver partes da experiência no vídeo abaixo, disponibilizado pela Universidade Ben-Gurion do Negev:

 



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.