Portugal em 26º lugar no índice de miséria (com LISTA)

Portugal encontra-se no 26º lugar no índice de miséria, um indicador criado pelo economista Arthur Melvin Okun e que pretende medir a deterioração económica de um país. Em relação ao ano anterior, Portugal sobre um lugar – ou seja, passou para uma conjuntura mais negativa – mercê sobretudo da taxa de desemprego.

Apesar de pouco conhecido como indicador, o índice de miséria ajuda a perceber o que se passa, economicamente, em cada país. Para o calcular ponderam-se três variáveis: o nível de desemprego dos países, o nível das taxas de juro e a taxa de inflacção, juntamente com a taxa de crescimento per capita do PIB de cada país.

Segundo o El Blog Salmon, o resultado reflecte o empobrecimento dos cidadãos dos diferentes países, de forma a que quão maior seja o índice, maior é a pobreza.

Criado por Okun, o índice foi modificado em 1999, por Robert Barro, economista da Universidade de Hardval e, no ano seguinte, por Steve Hanke, economista da Universidade John Hopkins.

O ranking deste ano é liderado pela Venezuela, com 79,4 pontos, seguida do Irão, Sérvia, Argentina (a foto retrata os subúrbios de Buenos Aires), Jamaica, Egipto e, imagine-se, da Espanha. África do Sul, Brasil e Grécia completam o top 10.

indice miseria

Foto:  Roger Schultz / Creative Commons

Deixar uma resposta

2 comments

  1. Miguel

    Isto ‘e completamente ridiculo!

    Quando a Espanha esta mais de 50 lugares a frente da Romenia, Kazaquistao, Tailandia e China no indice da MISERIA, ‘e porque a pessoa que fez esse indice nao sabe o que ‘e que a palavra miseria quer dizer… Existem algum factores como escravatura, mao de obra Infantil, Prostituicao (Infantil) e Fome que estao mais relacionados com a miseria do que os factores de indole economica!

    Algum parvalhao decidiu fazer um indice baseado em nada e o pior ‘e que publicam isto…

    Caso para dizer, a miseria em Portugal tem no Jornalismo o seu maior exemplo!

  2. Caro leitor, obrigado pelo seu comentário. O índice de miséria é notícia em todos os países, não apenas em Portugal, pelo que terá de acrescentar o jornalismo feito noutras nações ao lugar em que nos coloca.

    Cumprimentos,
    Green Savers

Patrocinadores

css.php