Portugal: escolas recolhem mais de 81 toneladas de rolhas para reciclagem

As escolas portuguesas recolheram mais de 81 toneladas de rolhas para reciclagem, o equivalente a 45 mil sacos cheios de rolhas entregues nos hipermercados Continente, que lançou o desafio aos estudantes e professores.

Segundo o Continente, o projecto Rolhas que dão Folhas chegou a mais de 854 escolas e perto de 290 mil alunos, que contribuíram assim para a reflorestação, uma vez que o valor angariado com esta recolha vai permitir à Quercus – parceira do Continente na iniciativa – continuar o projecto Green Cork. Este projecto tem como objectivo promover a cortiça enquanto material ecológico e, paralelamente, a reflorestação.

As verbas angariadas através desta recolha de rolhas de cortiça irão permitir a aquisição de árvores autóctones, que serão plantadas através de iniciativas apoiadas pelo projecto Floresta Comum.

Os primeiros três lugares do concurso foram ocupados, respectivamente, pela Escola Básica do 1º Ciclo de Pereiras-Gare, de Odemira; o Jardim de Infância de Fontão-Friande, de Felgueiras; e a Escola Básica do 1º Ciclo com Jardim de Infância de Garachico, de Câmara de Lobos (Madeira). As escolas vencedoras foram aquelas com maior número de vales reunidos (recebidos por cada saco de rolhas entregue), proporcionalmente ao número de alunos da escola.

A iniciativa “Rolhas que dão folhas” foi lançada pelo Continente, em parceria com a Quercus, para assinalar o Ano Internacional da Floresta. Este projecto teve como objectivo sensibilizar as comunidades escolares, familiares e amigos para a reciclagem de rolhas de cortiça e para o apoio à reflorestação de Portugal.

Por outro lado, o projecto Green Cork já recolheu mais de 110 toneladas de rolhas de cortiça.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...