Está a ser hoje lançado, em Portugal, o Movimento Zero Desperdício, um projecto da Associação Dariacordar que tem por objetivo criar um entendimento de cidadania que possa alertar todos os portugueses para a necessidade de unirem esforços na recuperação do desperdício. Com o alto patrocínio da Presidência da Republica, o movimento – e a respetiva campanha – arrancam hoje oficialmente.

Segundo o movimento, todos os dias sobram refeições completas confecionadas, que ninguém aproveita, nos refeitórios das empresas, em supermercados, restaurantes ou escolas. “A crise económica está a contribuir para o aumento do número de pessoas carenciadas em Portugal. Os números apontam que mais de 360 mil pessoas não têm o que comer. Entretanto, estima-se que mais de 50 mil refeições são todos os dias desperdiçadas de norte a sul do país”, explica o projecto em comunicado.

De acordo com os responsáveis pelo Movimento Zero Desperdício, as mudanças sociais e económicas dos últimos anos têm levado milhares de portugueses a viver momentos de precaridade financeira, tendo dificuldades em comprar os bens alimentares essenciais. Através do combate ao desperdício, o movimento pretende contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e sustentável e aproveitar os incontáveis desperdícios de bens, produtos e recursos existentes, um pouco por todo o país.

O projecto será comunicado através da campanha “Portugal não se pode dar ao lixo”, desenvolvida pela JWT e que conta com uma rede muito alargada de parceiros. A principal peça de comunicação da campanha é um hino – feito vídeo clip – que reuniu um conjunto ímpar de cantores e músicos portugueses. João Gil fez a música, Tim escreveu a letra e 52 cantores dão a voz.

Saiba mais sobre o projecto em www.zerodesperdicio.pt

O vídeoclip, que irá passar na televisão, foi produzido e realizado pela Take It Easy. Rádio, imprensa e mupis nos quatro municípios do projecto-piloto são os meios que completam a campanha. O desenvolvimento do site Dariacordar assim como o Zero Desperdício, foi efetuado integralmente pelo SAPO com o patrocínio da Fundação PT.

A Associação Dariacordar é uma associação sem fins lucrativos, que tem como objetivo promover e contribuir para a recuperação do desperdício. Constituída em Kaneiro de 2011, nasceu de um trabalho desenvolvido por António Costa Pereira, responsável também pela petição “Desperdício Alimentar”, que já ultrapassou as 70 mil assinaturas e um grupo de cidadãos que não aceitaram a situação vigente na altura e trabalharam em conjunto, até encontrarem uma solução.

O Green Savers vai continuar a acompanhar este movimento e terá mais informações nos próximos dias.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php