Prepare a sua casa para o frio em apenas 7 passos!



Uma vez que Portugal é considerado como o 4º pior país da União Europeia a nível de isolamento térmico, com cerca de 20% dos portugueses a admitirem que não conseguem aquecer as suas casas, a chegada do frio tende a ser sempre uma preocupação. No entanto, para este inverno a dor de cabeça consegue ainda ser mais acrescida já que os preços de luz e gás estão bastante mais caros do que em comparação ao ano passado.

Embora estas não sejam notícias particularmente animadoras, a verdade é que há sempre pequenas mudanças que se podem fazer e que estão ao alcance de todos os consumidores, com o intuito de reduzir o seu consumo energético e consequentemente, diminuírem o valor das suas faturas mensais.  Assim, para o ajudar a preparar-se para os meses mais frios, a Selectra- especializada na comparação de tarifas de eletricidade e gás-, deixa-lhe alguns conselhos-chave para aumentar a eficiência energética de sua casa.

 

1.       Tenha atenção à temperatura escolhida

Sabemos que quando o frio lá fora começa a ser mais rigoroso, a ideia de chegar a casa e ligar o radiador na temperatura máxima, é bastante tentadora. Ainda assim, este é um dos principais comportamentos a evitar quando a ideia é reduzir o valor das faturas. Segundo a Selectra, para fazer um uso eficiente de energia, deve manter o aquecimento a uma temperatura constante e programá-lo para não ultrapassar os 21ºC.

 

2.       Isole todas as fugas de ar

Para se manter uma temperatura constante dentro de casa é necessário que não existam fugas de ar, certo? E se esta parece uma ideia óbvia, a verdade é que é um dos problemas mais recorrentes nas casas portuguesas. Por isso, a empresa recomenda investir num bom isolamento, como é o caso dos vidros duplos, e para quem não tenha essa oportunidade neste momento, colocar um adesivo nas portas e janelas para reduzir a entrada de ar.

 

3.       Desligue todos os aparelhos sempre que tiver necessidade de se ausentar

Já ouviu dizer que “é melhor deixar o aquecimento ligado do que andar a ligar e a desligar a toda a hora”? Então esqueça este conselho! Isto porque, tal como em todos os outros dispositivos, os radiadores ao estarem ligados à corrente, estão consequentemente a gastar energia. E por isso, o melhor é dar descanso ao aquecimento elétrico durante a noite e sempre que tiver de se ausentar de casa também.

 

4.       Coloque temporizadores nas tomadas elétricas

Se por acaso tem uma tarifa bi-horária, aproveite-se dessa vantagem e programe os aquecedores para funcionarem apenas no horário noturno (das 22h às 8h). Esta dica é principalmente útil durante a semana, já que a maioria das pessoas passa o dia fora de casa e por isso não tem necessidade de recorrer ao aquecimento durante esse período. Ainda assim, no fim-de-semana é importante continuar a fazer uma gestão controlada da energia e evitar deixar o radiador ligado horas a fio.

 

5.       Escolha bem o lugar onde vai colocar o radiador

Nunca tinha pensado nesta questão? Então fique a saber que a decisão de escolher onde irá ficar o radiador pode afetar as suas contas de energia! Isto é, não há uma regra geral que dite o lugar exato onde terá de se situar o aquecedor, no entanto é importante certificar-se que não existem obstáculos à sua volta que dificultem a passagem de ar para que este possa funcionar a 100%.

 

6.       Mantenha os equipamentos limpos

Todas as mudanças fazem a diferença, mesmo por mais pequenas que sejam e esta é claramente uma delas. Só o simples facto de limpar regularmente o pó dos radiadores, ajuda-o a poupar até 10% da energia consumida. Ou seja, um equipamento limpo consegue funcionar muito melhor que um que se encontra mais sujo e este é um hábito que pode replicar para todos os eletrodomésticos de sua casa.

 

7.       Areje diariamente a sua casa

Por fim, e por mais contraditório que possa parecer, arejar a casa continua a ser tão importante durante estes meses como é na altura do verão, visto que evita o acumular de humidade. E uma vez que um ar limpo tende a ser mais fácil de aquecer, continua a ser aconselhável ventilar a casa entre 5 a 10 min por dia se quiser ver reduzido o valor das suas faturas.



Notícias relacionadas

loading...

Comentários estão fechados.