com o apoio
em modo Escuro poderá poupar até 30% de energia. Saiba mais

Programa nacional “Bairros Saudáveis” obteve 232 projetos aceites

O Programa nacional “Bairros Saudáveis” recebeu nesta edição um total de 774 candidaturas, entre as quais apenas 232 projetos serão financiados.

Serão investidos 10 milhões de euros em projetos na região do Norte (68 projetos), do Centro (32 projetos), de Lisboa e Vale do Tejo (88 projetos), do Alentejo (27 projetos) e do Algarve (17 projetos).

Com mais de 1400 entidades envolvidas nos projetos, 43,5% são entidades privadas formais, 40,5% são entidades públicas e 16% são entidades privadas informais.

O Programa “Bairros Saudáveis” abrange várias temáticas a nível ambiental, social, de saúde, económico e urbanístico, e tem como objetivos principais “eliminar barreiras ou fatores de discriminação”, “promover o desenho e a gestão participados na construção e requalificação de espaços públicos e/ou comuns”, “Viabilizar intervenções céleres e eficazes que criem comunidades mais resilientes” e “promover iniciativas de desenvolvimento local e de capacitação das comunidades locais”.

Destaca-se ainda que o projeto da ESAD-idea – Escola Superior de Artes e Design de Matosinhos obteve a melhor classificação de todas as candidaturas, com uma classificação de 99 pontos (num total de 100 pontos). Na mesma cidade, e no mesmo contexto, a MatosinhosHabit – Empresa Municipal de Habitação de Matosinhos, conseguiu a aprovação de 16 candidaturas no programa. Segundo Tiago Maia, administrador da MatosinhosHabit, este acontecimento é “um motivo de enorme orgulho pois significa o reconhecimento da qualidade e da importância dos projetos apresentados. Para além disso, as candidaturas agora aprovadas incidem sobre vários temas que preocupam a comunidade local e que, de certa forma, vão ajudar a melhorar a sua qualidade de vida dos munícipes em diversas vertentes do seu quotidiano”.

Conjunto Habitacional da Guarda / MatosinhosHabit
Notícias relacionadas
Comentários
Loading...