Projecto português poderá revolucionar sector das pescas (com VÍDEO)

Um projecto português, liderado pelos estaleiros de Vila Real de Santo António, pretende aproveitar o calor dos motores dos navios para gerar electricidade. A ideia chama-se Eco-Cooler, destina-se a embarcações de pesca até 18 metros e permite manter o pescado fresco com o mínimo de riscos para o ambiente.

“Utilizando um sistema de refrigeração por absorção, o calor que é libertado pelos gases de escape dos motores dos navios pode ser um meio de funcionamento para o sistema de refrigeração”, explicou ao Economia Verde Paulo Chaves, engenheiro do INOV.

Essa reutilização dos gases de escape, que eram, até agora, dispensáveis, permite aumentar a eficiência energética do sistema de refrigeração. Uma solução inteligente, criada pela Nautiber e que será implementada, nesta fase, num único navio. A INOV é responsável pelo sistema que controla e monitoriza todo o processo de sistema de refrigeração, para garantir que ele funciona nas melhores condições.

Depois de testado e controlado, o sistema poderá ser adquirido por outras embarcações. Numa primeira fase, ele destina-se ao mercado português. Mais tarde, será exportado.

Depois do projecto piloto ser validado, seguir-se à sua massificação – estamos a falar de algumas centenas de instalações. Se tudo correr como esperado, o Eco-Cooler poderá revolucionar o sector das pescas.

A inovação está a ser apoiada pelo Fórum Empresarial da Economia do Mar e tem um orçamento global de €580 mil. Veja o episódio 235 do Economia Verde.

Foto:  martinwcox / Creative Commons

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...