Projeto português trabalha na conservação dos morcegos nas grutas do Alviela

Situadas no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, as grutas do Alviela são casa para doze espécies diferentes de morcegos.

No Concelho de Alcanena, o Centro Ciência Viva do Alviela lançou o projeto “World upside down: knowing and preserving bats”, que consciencializa a comunidade jovem e escolar para a conservação deste ser vivo. A iniciativa já conseguiu alcançar entre 50 mil a 100 mil pessoas em Portugal, de vários pontos do país. Das várias ações desenvolvidas no âmbito do Projeto, destacam-se:

  • A criação de um observatório de morcegos cavernícolas, com câmaras de vídeo que permitem uma monotorização dos morcegos no seu habitat;
  • A criação de uma sala de exposição permanente intitulada Quiroptário;
  • Uma exposição móvel e interativa direcionada para os mais jovens; A criação de um portal sobre morcegos ;
  • A elaboração de um Livro ilustrado – “Vida de Morcego”;
  • Realização de visitas de campo para alunos do ensino secundário;
  • Organização de oficinas para professores, gerentes de turismo e funcionários da Rede Nacional de Centros de Ciências;
  • Ações noturnas durante a Noite Europeia dos Morcegos.

O “World upside down: knowing and preserving bats” é de momento finalista do Prémio Natura 2000 da Comissão Europeia, na Categoria de Comunicação, pelo que pode votar aqui até ao dia 15 de setembro de 2020.

O Prémio Natura 2000 pretende recompensar a excelência na gestão e na promoção da rede, e sensibilizar para a sua importância junto dos cidadãos europeus. Os 27 finalistas estão distribuídos por 5 categorias, e cada uma terá um vencedor.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...