Re.Love regressa ao Freeport e Vila do Conde Porto Fashion Outlets e traz moda em segunda mão



O projeto Re.Love está de regresso ao Freeport Lisboa Fashion Outlet e, a partir de 5 de dezembro, ao Vila do Conde Porto Fashion Outlet, com o objetivo de “sensibilizar para a importância da sustentabilidade, desta vez com uma ampla oferta de artigos em segunda mão, a prolongar o ciclo de vida de produtos de excelência”, revela a VIA Outlets em comunicado.

Segundo a mesma fonte, a loja da Re.Love no Freeport Lisboa Fashion Outlet já está de portas abertas, e mantém-se até fevereiro de 2023 em parceria com a Big Closet. Já o Vila do Conde Porto Fashion Outlet irá abrir o novo espaço no dia 5 de dezembro com a Yeahllow Store. Em ambas será possível encontrar roupa, calçado e acessórios de marcas icónicas como Chanel, Louis Vuitton, Prada ou Valentino.

Mais do que uma loja, a Re.Love funciona como uma “plataforma para alertar as comunidades para a limitação dos recursos do planeta, dando a conhecer o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelas marcas, bem como sensibilizar para novas formas de consumo, mais responsáveis e duradouras”. O lema do projeto é cuide mais, compre melhor.

“A compra de produtos em segunda mão integra um movimento mais amplo que convida a hábitos de consumo mais responsáveis”, explica Catarina Tomaz, citada em comunicado, acrescentando que, “ao associarmos a Re.Love a esta forma de compra, queremos contribuir para esta mudança, incentivá-la e ajudar a que se torne num hábito natural.”

 Para além de comprar também será possível vender. Os visitantes poderão levar peças variadas que deverão estar em excelente estado e cumprir critérios de qualidade e conservação concretos. Além disso, todos os artigos serão analisados pelas equipas das marcas e, caso sejam elegíveis, ficarão disponíveis na loja, à consignação.

Recorde-se que foi em setembro de 2021 que a Re.Love abriu portas pela primeira vez no Freeport: uma loja multimarca totalmente dedicada à sustentabilidade com coleções sustentáveis de marcas reconhecidas como Karl Lagerfeld, Hugo Boss ou Osklen. O projeto pretende “informar, sensibilizar e criar consciência sobre o tema da sustentabilidade no universo da moda e, ao mesmo tempo, permitir que se conheça mais sobre os esforços, estratégias e produtos das marcas”.

“O conceito diferenciador da Re.Love tem tido impacto positivo entre visitantes e na indústria e está na shortlist dos MAPIC Awards, que distinguem os melhores retalhistas e projetos imobiliários de retalho na Europa, na categoria Melhor Iniciativa Sustentável de Retalho”, conclui a mesma fonte.



Notícias relacionadas

loading...

Comentários estão fechados.