Setecentos mergulhadores juntam-se em Sesimbra para bater recorde da maior ação de limpeza marinha



A associação sem fins lucrativos Oceanum Liberandum vai juntar, no próximo sábado, cerca de 700 mergulhadores numa ação de limpeza marinha em Sesimbra, no distrito de Setúbal, para tentar bater o recorde Mundial do Guiness.

A ação, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Sesimbra, faz parte do conjunto de atividades organizadas para assinalar o Dia Mundial do Turismo, que se celebra na próxima segunda-feira, e pretende realçar “a importância da proteção marinha e do combate às alterações climáticas”, explicou a associação.

O evento arranca às 08:00 de sábado e vai tentar bater o recorde mundial estabelecido em 2019, na Florida, nos Estados Unidos, que reuniu 633 mergulhadores em 24 horas.

Em Sesimbra, estará também presente um juiz da organização do Guiness World Records de forma a acompanhar e validar o número de participantes, que terão no máximo 30 a 40 minutos para mergulhar.

A ideia já tinha sido pensada em 2019, mas a pandemia acabou por arrastar os planos para este ano.

A Oceanum Liberandum está agora a apelar a todos os mergulhadores certificados que se inscrevam no evento, através do formulário disponível no website da associação.

A inscrição tem um custo de 15 euros, que ajudará, segundo a associação, os centros de mergulho locais envolvidos na iniciativa.



Notícias relacionadas

loading...

Comentários estão fechados.