com o apoio
em modo Escuro poderá poupar até 30% de energia. Saiba mais

Signify alcançou neutralidade de carbono e usou 100% eletricidade renovável em 2020

A Signify completou com sucesso o seu programa de sustentabilidade “Brighter Lives, Better World 2020”, acalçando entre os vários objetivos, a neutralidade de carbono em todas as suas operações no mundo e o uso a 100% de eletricidade renovável.

A empresa conseguiu também exceder a sua meta e gerar 84% das receitas em produtos, sistemas e serviços energeticamente eficientes, e a sua taxa de desempenho de sustentabilidade dos fornecedores (que foi de 99%). Desde 2015, a líder de iluminação distribuiu ainda 2.923 milhões de lâmpadas e luminárias LED, o que equivale a uma poupança de 72.988 quilotoneladas de emissões de dióxido de carbono (CO2).

“Temos o prazer de anunciar que alcançámos com sucesso todos os nossos compromissos para 2020! Todos na Signify podemos estar orgulhosos de termos cumprido os nossos ambiciosos objetivos de neutralidade de carbono, receitas sustentáveis, segurança, sustentabilidade dos fornecedores e zero de resíduos para aterros”, referiu Nicola Kimm, Responsável de Sustentabilidade, Ambiente, Saúde e Segurança da Signify, acrescentando “agora, embarcamos numa nova jornada de cinco anos para duplicar o nosso impacto positivo no meio ambiente e na sociedade”.

“Vamos duplicar o nosso impacto positivo na sociedade e no meio ambiente. Adotamos uma perspetiva de cadeia de valor e aumentamos o nosso foco no impacto positivo da luz. Já neutros em carbono nas nossas operações, alargaremos os nossos esforços no sentido de permitir que outros acelerem a ação climática” afirmam, indicando que vão duplicar: “o ritmo em que alcançamos o compromisso do Acordo de Paris de 1,5 ºC”, “as receitas circulares até 32%”, “as receitas de vidas melhores até 32%” e “a percentagem de mulheres em posições de liderança até 34%”.

A Signify é membro do Índice Mundial de Sustentabilidade Dow Jones há quatro anos, e faz parte da Lista Climática A e da Lista A da Cadeia de Fornecimentos do CDP.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...