Uma quinta no supermercado

Existem já várias quintas verticais de produção de vegetais em massa no mundo, que utilizam técnicas como a hidroponia para criar alimentos saudáveis para milhares de pessoas e, neste processo, reduzir drasticamente os custos associados ao transporte dos alimentos, entre outros.

O supermercado alemão Metro Cash & Carry, porém, levou o conceito a um outro nível e transportou a quinta para as suas lojas. Denominada Krauter Garten, a quinta vertical foi desenvolvida pela Infarm e faz parte de um projecto-piloto da loja do bairro de Friedrichshain, em Berlim. Segundo a Infarm, o projecto poderá contribuir para a sua visão, e da Metro, de um futuro onde as cidades são auto-suficientes na produção de alimentos.

“Acreditamos que o nosso sistema de alimentos deverá ser descentralizado e a produção ficar mais próxima do consumidor”, acredita o fundador e CEO da Infarm, Erez Galonska. “Isto é essencial em termos de impacto no ambiente para também para melhorar significativamente a segurança e qualidade da nossa comida”, explicou ao Gizmag.

Criada em 2013 com a ajuda de fundos europeus e business angels, a Infarm disponibilizada unidades empacotadas em que irão nascer, por via hidropónica, ervas e vegetais. Cada unidade tem uma camada fina de água, enriquecida por fertilizantes e oxigénio. A Infarm utiliza ainda iluminação LED para imitar a luz do sol; microsensores para monitorizar o seu ambiente; e processamento de dados para calcular e possibilitar a existência de condições necessárias para uma planta viver.

Para além de possibilitar alimentos frescos durante todo o ano, a Infarm diz que as suas ervas e vegetais usam menos 70% fertilizantes que os produtos convencionais, 90% menos água e não têm pesticidas. E o espaço que é utilizada pelo Metro Cash & Carry, cinco metros quadrados, é inferior aos equipamentos tradicionais.