Timberland desafia os portugueses a reciclarem o seu calçado usado

Second Chance é o projecto de sustentabilidade que a Timberland acaba de lançar em Portugal. A iniciativa desafia os portugueses a participarem de  forma activa no combate ao desperdício, através da entrega de calçado usado que a marca se compromete a recolher e reciclar.

Em linha com as normas recentemente aprovadas pela União Europeia no sentido de um cada vez maior compromisso na promoção de uma economia circular e na sustentabilidade dos materiais, a iniciativa da Timberland pretende dar resposta a um dos maiores ambientais que a indústria têxtil enfrenta- o desperdício têxtil.

Com o mote “dê ao seu calçado uma segunda oportunidade”, reutilizando-o ou reciclando parte dele, a iniciativa Second Chance conseguiu recolher 2600Kg de calçado usado, através de 104    lojas aderentes por toda a Europa, em 2017. A iniciativa chega agora a Portugal, com a adesão de 21 lojas por todo o país.

A campanha já  está activa em todas as lojas Timberland e, em  troca pela ajuda na redução do desperdício de calçado, a marca oferece um desconto de €10 na próxima compra de um par de calçado Timberland. Os artigos depositados são enviados para as instalações da empresa parceira nesta iniciativa, a Wippytex, onde são seleccionados e triados para serem desmantelados para reaproveitamento dos materiais, ou reciclados e transformados em matéria-prima.

Até à data de hoje, as iniciativas de responsabilidade ambiental da Timberland já originaram a plantação de 8,7 milhões de árvores em todo o mundo, geraram mais de 1.000.000 de horas de serviço comunitário prestado pelas equipas Timberland em todo o mundo, e o reaproveitamento em calçado Timberland de 233 milhões de garrafas de plástico.

Até 2020, a marca pretende incluir em todos os produtos de calçado, pelo menos, um material reciclado, orgânico ou renovável (ROR), utilizar algodão orgânico, originário dos E.U.A., ou proveniente da iniciativa Better Cotton, produzir todo o calçado e vestuário sem PVC, reduzir o consumo energético para 10% e obter 50% da energia através de fontes renováveis.

Foto: Timberland Facebook