Numa altura em que há cerca de 33 milhões de refugiados em todo o mundo, é cada vez mais premente construir casas simples, rápidas e sustentáveis, em processos onde a inovação seja rainha. É esse o caso do Pallet Home Project, que está a ajudar milhões de refugiados a ganharem uma habitação através da construção de casas com paletes de madeira.

O projecto pretende reciclar e reutilizar 700 milhões de paletes, construindo milhares de habitações. Segundo os mentores do projecto, cinco pessoas podem construir uma casa utilizando 100 paletes, durante uma semana.

Para além ajudar a acabar com importantes problemas de falta de habitação, o Pallet Home Project poderá reduzir o número de paletes que, todos os anos, são enviados pelos norte-americanos para o lixo, um número cifrado nos 150 milhões.

A casa pode ter entre três e seis metros de altura, o que significa utilizar até 80 paletes, que são pregadas e colocadas no seu lugar. Depois é colocada uma lona por cima da estrutura-base, para evitar que a chuva entre na casa. O passo seguinte é encontrar, nas imediações, restos de construções, pedra, lama, terra, madeira ou metais, para encher as cavidades da parede e cobrir o tecto.

Nas zonas mais frias do planeta, as paletes podem ser pré-montadas com isolamento de poliestireno ou uma barreira de vapor, para ajudar a manter a estrutura segura.