Upcycling: a reinserção social dos materiais

Chama-se Upcycling é o termo utilizado para a reinserção, nos processos produtivos e criativos, de materiais que teriam como único destino o lixo. Estamos a falar de roupas, sapatos, restos de tecido, as velinhas cassetes (ou k7), entre outros resíduos que não são valorizados pelas empresas que fazem reciclagem.

O objectivo do Upcycling é transformar algo que está no fim de vida útil em algo novo e de maior valor – e sem passar pelos processos físicos ou químicos da reciclagem. O material é aquele e ponto final!

Veja aqui a definição de Upcycling na Wikipedia (em inglês).

Mas o que nos interessa realçar no Green Savers é o facto do upcycling ser uma lucrativa oportunidade de negócios. Que o diga a empresa norte-americana TerraCycle, que produz bolsas, mochilas, estojos, cadernos e guarda-chuvas a partir de embalagens de salgados

Para além de evitar lixo desnecessário e reduzir a quantidade de entulho que segue para a lixeira, o upcycling proporciona uma matéria-prima interessante para criativos como Patrick Schuur desenvolverem novos produtos. Como este armário revestido de fitas de cassete (dica do blog de Andrea Vialli no Estadão)

Para além da TerraCycle, empresas como a britânica LMB Textile Recycling ou as brasileiras Cavalera e Osklen já aderiram a este conceito.

Veja aqui como a TerraCycle transforma embalagens de salgados em produtos indiferenciados. Acredite que vale a pena.


Notícias relacionadas
Comentários
Loading...