Vai nascer um novo espaço em homenagem aos Pastores da Serra da Estrela



Está a nascer um novo espaço em Portugal que homenageia os Pastores da Serra da Estrela. Vai ser inaugurado no dia 26 de junho, na Torre, o ponto mais alto de Portugal Continental, um espaço dedicado aos produtos da Ovelha Bordaleira, a principal raça ovina leiteira do país. O evento contará com a presença de 160 pastores.

O exterior do espaço é inspirado nos bardos, as cercas que normalmente acolhem as ovelhas no campo, e o interior divide-se em três compartimentos, onde serão colocadas à venda almofadas produzidas em tear com 100% de Lã Bordaleira, Queijo Serra da Estrela DOP, produzido com o seu leite, e o pastel de bacalhau com Queijo Serra da Estrela DOP. Nas almofadas, a fronha interior tem o número de série correspondente a uma ovelha, e a capa exterior presta uma homenagem à ovelha numa das faces, indicando na outra um ano desde 1922.

A sustentabilidade da atividade pastorícia e a economia circular são os motes deste projeto, que constitui uma forma de apoiar o trabalho dos pastores da região e assegurar a continuidade da profissão e desta raçã de ovelha, contribuindo para o desenvolvimento da economia local e para a sustentabilidade social do território. De 275.000 ovelhas desta raça existentes nos anos 80, há atualmente pouco mais de 23.000. A diminuição deste número é uma consequência do abandono progressivo da profissão de pastor – existem 236 pastores de momento – e pela falta de apoios e pela subvalorização do potencial produtivo desta raça exclusiva da Serra da Estrela.

O espaço resulta de uma iniciativa do grupo O Valor do Tempo, que conta com a colaboração e apoio da ANCOSE – Associação Nacional de Criadores de Ovinos da Serra da Estrela, da ESTRELACOOP – Cooperativa de Produtores de Queijo Serra da Estrela e da AASE – Associação de Artesãos da Serra da Estrela.



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.