com o apoio
em modo Escuro poderá poupar até 30% de energia. Saiba mais

Zero Waste Lab e Precious Plastic lançam projeto de recolha e reciclagem de brinquedos

Em Portugal, 270 milhões de euros são gastos por ano em novos brinquedos, sendo que pelo menos 30 milhões de unidades acabam em aterros ou são incineradas. Agora, uma nova iniciativa pretende encontrar uma solução a longo prazo para este problema.

A Zero Waste Lab e o Precious Plastic Portugal acabam de lançar o projeto piloto Replay, a primeira rede de recolha e triagem de brinquedos em fim de vida e que promove a sua transformação em novos brinquedos. Assente nos conceitos de economia circular, o projeto vai testar um circuito de reciclagem nos municípios de Figueira de Castelo Rodrigo, Porto, Cascais, Lisboa e Évora.

O Replay vai funcionar com a participação da comunidade, que têm o objetivo de em casa selecionarem os brinquedos, desmontarem, contabilizarem e entregarem nos pontos de entrega presentes nos cinco municípios. Posteriormente, o plástico recolhido será encaminhado para cinco laboratórios Precious Plastic.

Os estudantes de design de produto da Escola Superior de Artes e Design em Matosinhos e da Universidade de Évora serão desafiados a apresentar propostas para o desenvolvimento de um novo brinquedo – e a proposta vencedora será eleita através de um concurso. A última etapa estará nas mãos da Precious Plastic Portugal, a quem caberá a produção do novo brinquedo.

Por outro lado, os plásticos restantes e componentes eletrónicos e pilhas serão encaminhados para a empresa Extruplás e para o Electrão, respetivamente. Os restantes materiais como o metal, a borracha, cartão e tecido, serão encaminhados para os diferentes fluxos de reciclagem nacionais e locais, ou para oportunidades de upcycling. Nada será desperdiçado.

Além de alertar para os resíduos, o projeto REPLAY pretende também abrir novas oportunidades para repensar o universo dos brinquedos e do brincar, que atualmente levanta múltiplos problemas ambientais, de saúde pública e de desenvolvimento infantil.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...