Projeto da Docapesca reúne 12 embarcações na recolha de lixo marinho na Ericeira



O “A Pesca por um Mar sem Lixo”, projeto lançado em 2015 pela Docapesca, iniciou hoje trabalhos na Ericeira, contando com a adesão de 12 embarcações, que representam um universo de 40 pescadores. A vila turística é o 18º porto de pesca a aderir a esta iniciativa, numa parceria que envolve a Docapesca, a Câmara Municipal de Mafra, a Universidade Europeia, a Tratolixo e a Associação Pescadores Profissionais da Ericeira.

A iniciativa nasceu com o objetivo de reduzir o lixo marinho e promover a melhoria das condições ambientais da zonas costeiras, disponibilizando as infraestruturas adequadas em terra para a recolha e valorização de resíduos provenientes das embarcações de pesca. Até ao momento, já foram recolhidos 4692 metros cúbicos (m³) de lixo indiferenciado e 2185 m³ de embalagens, resultado do esforço conjunto de mais 52 entidades parceiras, 28 organizações de produtores, 796 embarcações e 3197 pescadores. Este é, por isso, um grande contributo para o cumprimento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 14 – Proteger a vida marinha.

Os portos de Peniche, Figueira da Foz, Sesimbra, Matosinhos, Portimão e Sines, são alguns dos quais já participaram no projeto. Prevê-se ainda que, este ano, a iniciativa chegue a Albufeira, Vila Real de Santo António e Vila Praia de Âncora.

 



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.