A pintura deste camião é uma obra de arte e absorve CO2

Converter um camião numa obra de arte com tinta fotocatalítica que também absorve e fixa CO2 é o objetivo do ‘EcoTrucksters by Taruga’, um projeto que combina arte, mobilidade sustentável e ecologia.

As startups Taruga Creaciones e Trucksters apresentaram esta iniciativa na Casa de Campo de Madrid com a qual pretendem reduzir a poluição da sua frota de camiões através de murais feitos por artistas com tinta absorvente de CO2.

As empresas apresentaram o seu primeiro “camião transformado em obra de arte” através da tinta fotocatalítica, “que descontamina o ar graças à incidência de luz”, explicaram.

Para o mural do camião, foram usados ​​12 litros de tinta com os quais foram cobertos 68 metros quadrados e com os quais será alcançada uma absorção de CO2 “durante o processo de carbonatação”, a maior parte durante as primeiras semanas, embora “nunca pare de absorver dióxido de carbono.”

De acordo com as startups, a quantidade de gás mitigada será de quatro quilos, então “o mural deste camião absorve o mesmo CO2 que uma árvore durante três meses.”

A pintura mostra um “jardim botânico” no qual se pode ler a frase em inglês “Este mural remove CO2 do ar”.

O cofundador e CEO da Taruga Creaciones David Murcia explicou à Agência EFE que a tinta fotocatalítica utilizada, que se encontra nas cores “mais claras”, contém cal e grafeno, que são os compostos responsáveis ​​por conseguir esta absorção de CO2; por sua vez, as cores escuras “são feitas com uma tinta antimicrobiana”.

“Não se trata de salvar o mundo, trata-se de dar pequenos passos através da arte e através das empresas de logística podemos mudar as coisas”, disse Murcia, acrescentando que é muito importante que as empresas “sensibilizem, especialmente se são potenciadoras da poluição” e deu um exemplo do protótipo do camião elétrico desta empresa.



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.