Acabar com desperdício alimentar nos restaurantes é prioritário para clientes

Acabar com o desperdício alimentar, investir na nutrição e saúde e apoiar a agricultura local são os três assuntos que mais importam aos clientes de restaurantes, de acordo com uma pesquisa da Sustainable Restaurant Association (SRA), desenvolvida no Reino Unido.

Para os consumidores britânicos, a sustentabilidade dos restaurantes é cada vez mais importante na hora de escolher um local para almoçar ou jantar, sendo que mais de metade admite pagar mais por uma refeição num restaurante gerido de forma sustentável.

Assim, 56% dos questionados admite que pagaria por uma refeição mais cara se souber que o restaurante está a investir na redução do impacto ambiental e desperdício alimentar. Quase metade destes (43%) diz que pagaria até mais 10% por uma refeição, se tal for assegurado.

“Este relatório prova, uma vez mais, que os nossos clientes não só querem alimentação de alta qualidade, mas pretendem saber como estão os restaurantes ondem comem a gerir a sua responsabilidade enquanto negócio”, explicou na semana passada Raymond Blanc, presidente da SRA.

Em 2009, o mesmo estudo tinha colocado na principal preocupação dos consumidores o investimento em produtos locais e orgânicos e a forma como os restaurantes tratam os seus trabalhadores.

Segundo a SRA, o preço e percepção do público de que o argumento dos orgânicos não tem avançado nos últimos anos é um dos principais factores por trás da quebra no interesse nesta questão.

“Em 2009, as prioridades dos consumidores estavam relacionadas com a quantidade de comida que estava nos seus pratos. Agora, eles estão mais interessados no desperdício alimentar, saúde e nutrição”, continuou Blanc.

O estudo revelou ainda um desfasamento importante entre o que os restaurantes pensam serem as prioridades dos clientes – e as verdadeiras prioridades destes.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...