Afinal, de onde vem o Porquinho-da-índia?

O Porquinho-da-índia é um animal de estimação muito comum hoje em dia, mas nem sempre foi assim. Um estudo publicado na revista Nature revela por onde andaram estes mamíferos ao longo dos séculos e a sua evolução na sociedade.

Uma investigação da Universidade de Otago, na Nova Zelândia, revela que há 10 mil anos atrás estes eram uma fonte de alimento, e apenas mais tarde começaram a ser utilizados como cobaias para experiências médicas e igualmente domesticados.

Os cientistas afirmam após análises de ADN, que estes animais têm origem na região dos Andes, na América do Sul. Ao contrário do que se pensava, no ano 500 dC através das rotas comerciais foram levados para as Caraíbas através do Peru, o seu local de origem, e não da Colômbia. Nesta altura, o animal servia de alimento e de moeda de troca.

O Porquinho-da-índia foi introduzido na Europa no final do século XVI, e na América do Norte no século XIX, através do comércio de espécies exóticas. Foi aí que começaram a servir como cobaias na medicina pela parecença biológica com os seres humanos, e também como animais de estimação.

As espécies encontradas nos três continentes tinham características totalmente diferentes, o que mostra uma evolução independente do animal ao longo dos séculos.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...