África do Sul: rinoceronte salvo por escavadora (com FOTOS)

Um salvamento heróico

A seca prolongada que afecta a região de KwaZulu-Natal, na África do Sul, tem devastado culturas e criação de gado e afectado também a forma como os animais selvagens que a frequentam tentam sobreviver.

Um dos momentos mais críticos surgiu quando um rinoceronte negro, um animal em vias de extinção, ficou preso numa poça de água lamacenta, enganado por alguma água que existia à superfície.

Uma patrulha da reserva natural de Phinda encontrou o animal em pânico e montou uma equipa de resgate que, socorrendo-se de uma escavadora, criou um caminho para que o animal conseguisse sair – a outra hipótese era puxá-lo com uma corda presa a um helicóptero.

Duas horas depois de os trabalhos se iniciarem, o rinoceronte foi salvo. “Os rinocerontes negros são grandes e potencialmente perigosos. Não conseguíamos chegar até ele com uma corda, porque a lama era demasiado grossa para um ser humano. Também não queríamos chegar perto dele, porque isso iria stressá-lo mais e seria perigoso para a pessoa que o fizesse”, explicou ao Mail Online Simon Naylor, gestor da reserva.

“Primeiro, percebermos que ele estava stressado com a máquina e o barulho. Mas depois acalmou-se”, concluiu Naylor.

Deixar uma resposta

Patrocinadores