Aldeia minhota de Uz é uma das estrelas “paralelas” do Festival de Cannes (com VÍDEO)

O filme Volta à Terra, do estreante João Pedro Plácido, está seleccionado no ACID (Associação de Cinema Independente para a sua Difusão), mostra paralela ao Festival de Cinema de Cannes, que decorre até 24 de Maio. A mostra tem acolhimento oficial pelo festival – os jornalistas acreditados são convidados a descobrir esta programação, que tem ganho relevância a cada ano que passa – e é mais um passo para o filme que retrata as quatro estações do ano da aldeia de Uz, em Cabeceiras de Basto, onde uma família acredita numa vida de agricultura de subsistência.

O filme, considerado a surpresa do ano do cinema documental português, venceu o último DocLisboa e já passou pelo prestigiado Visions du Réel (Suíça) e Trento (Itália), onde venceu a Gentiana de Prata.

Volta à Terra conta a história de uma comunidade em extinção: camponeses que praticam agricultura de subsistência numa aldeia das montanhas do Norte de Portugal, esvaziada pela imigração. Uz tem 49 habitantes e, entre eles, António, um antigo emigrante que realizou o sonho de regressar ao país e prepara a festa da aldeia para o Verão e Daniel, um jovem pastor.

“É um filme que estive a preparar desde a minha adolescência”, explicou ao Diário de Notícias João Pedro Plácido, o realizador e director de fotografia de 36 anos. No filme, o jovem Daniel passa o tempo a tentar encontrar uma namorada. “Apesar de o Daniel ser assim, claro que o filme também faz uma exponenciação dessas suas características. Essa parte é o cinema, mas também há muitos achados por estarmos ali, naquele momento”, garante o realizador, cuja mãe nasceu em Uz.

Volta à Terra fala de Uz mas também poderia falar de dezenas e centenas de outras aldeias portuguesas, do Minho ao Algarve. Terra anteriormente conhecida por Casal da Urzeira, devido à quantidade de urze que existe nos seus montes, Uz é uma pequena aldeia típica de casas de pedras, onde ainda se podem ver construções cobertas com telhados de colmo.

Deixar uma resposta