Aldeia pré-viking com 1.500 anos redescoberta na Noruega

As escavações para a construção da expansão do aeroporto de Orland, em Brekstad, Noruega, desenterraram vários objectos e artefactos que datam de uma era anterior à viking. Os investigadores descobriram buracos para postes e fogueiras para três grandes casas que deveriam ter sido erguidas no centro da aldeia, mas o que realmente os entusiasmou, indica do Inhabitat, foi a descoberta de um grande número de artefactos da Idade do Ferro, que oferecem visões sobre como os locais viviam, incluindo jóias e peças de vidro.

Esta foi a primeira vez também a primeira vez que resíduos domésticos foram descobertos na Noruega, segundo os investigadores. Noutros locais, há muito que eles já decompuseram, mas o facto de aquele terreno ter uma baixa densidade de ácido contribuiu para que os restos da população tivessem sido descobertos em bom estado.

Na verdade, esta região esteve completamente coberta por gelo espesso durante a idade do gelo, o que levou a que estivesse inclusive abaixo do nível do mar durante este tempo. Nessa altura, estes terrenos estariam inundados de água, formando uma baía no meio da península. Há muito que os arqueólogos se interessam pela área de Orland, mas só tiveram uma hipótese de a escavar aquando desta expansão do aeroporto local, no final do ano passado.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php