Arqueólogos descobrem aquilo que pode ser a maior pedra esculpida pelo homem

Uma equipa de arqueólogos alemães descobriu aquilo que pode ser o maior pedaço de pedra esculpida pelo homem. O achado arqueológico tem cerca de 2.000 anos, datando ao tempo do Império Romano, e foi encontrado numa pedreira em Baalbek, no actual Líbano.

A pedra maciça tem 19,5 metros de comprimento por seis de largura e pesa cerca de 1.650 toneladas. A pedra foi descoberta perto de outros grandes maciços rochosos trabalhados pelo homem, como a Hajjar el-Hibla ou a Pedra da Mulher Grávida, todas com mais de uma tonelada.

Num comunicado emitido pelo Instituto Arqueológico Alemão lê-se que o achado é o “maior pedregulho da antiguidade conhecido”. Os investigadores indicam ainda o propósito da pedra: “o nível de macieza indica que o bloco foi concebido para ser transportado e utilizado sem ser cortado. Blocos como este foram utilizados para o enorme altar do Templo de Júpiter”, cita o Inhabitat.

Porém, por alguma razão em particular, a pedra nunca foi transportada para o templo. Os arqueólogos pensam que a pedra acabou por ser abandonada devido à sua qualidade e ao trabalho que daria o seu transporte.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...