Austrália: duas grandes centrais solares vão produzir energia para 50.000 casas

Austrália rende-se à energia solar

A Austrália é o país do mundo com maior percentagem de painéis solares instalados em casas particulares, de acordo com a Energy Supply Association of Australia, mas até agora o país-continente não investiu na mesma medida em grandes centrais solares – uma tendência exactamente contrária à do resto do mundo.

No entanto, esta política poderá estar a mudar. O primeiro passo foi dado esta semana, com o anúncio da abertura de duas centrais solares de grandes escala no estado de Nova Gales do Sul. “É o início da energia solar de grande escala na Austrália”, explicou ao Gizmag Andy Vesey, director-geral e CEO da AGL Energy.

As duas centrais solares – Nyngan e Broken Hill serão operadas pela AGL e terão uma produção conjunta de 360.000 MWh de energias renováveis por ano, o suficiente para electrificar cerca de 50.000 casas.

Segundo a AGL, a construção das centrais solares já dinamizou a economia local de cada uma das regiões em valores entre os €9 milhões e os €9,6 milhões. Porém, isto é apenas o início. A central de Nyngan vai acrescentar €88 milhões à economia local nos próximos 30 anos; e a de Broken Hill cerca de €55 milhões.

As duas centrais ficarão operacionais em Julho e Dezembro do ano passado e foram inauguradas oficialmente há exactamente uma semana, 20 de Agosto.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php