Aviões eléctricos silenciosos podem estar no mercado dentro de 20 anos

Os fãs de espectáculos de aviação ficam normalmente impressionados pelo barulho dos aviões que executam manobras no ar. Mas os espectadores do Air Show de Berlim foram presenteados com um protótipo aéreo da Airbus totalmente eléctrico e silencioso. O modelo de dois lugares fez o seu voo de baptismo em Março, mas apenas foi demonstrado ao público na última semana.

O aparelho foi concebido ao pormenor, desde a propulsão eléctrica, sistema de gestão energética e medidas de segurança. A Airbus espera que o protótipo possa ajudar a indústria aeroespacial no desenvolvimento de aviões regionais equipados com motores híbridos, o que pode diminuir consideravelmente as emissões de dióxido de carbono.

O objectivo da Airbus é transformar no futuro este protótipo num avião comercial regional que possa transportar entre 70 a 90 passageiros e que seja eléctrico. A companhia espera que o desenvolvimento deste aparelho demore entre 15 a 20 anos e espera que em 2030 já possa ter um protótipo do avião a fazer voos teste.

Por agora, o aparelho chamado E-Fan é alimentado por dois motores eléctricos com um output combinado de 60 kilowatts. A Airbus diz que o aparelho é apropriado para pequenas missões, como o treino de pilotos e manobras acrobáticas. Hoje, o aparelho utiliza baterias de iões de lítio que duram meia hora e consegue atingir velocidades de 177 quilómetros por hora.

Além de servir de protótipo para o futuro modelo comercial, o E-Fan vai começar a ser produzido em série e a produção pode começar já no final de 2017 em Bordéus, França.

Deixar uma resposta

1 comment

  1. miguel

    que possa transformar passageiros?.?!!

Patrocinadores

css.php