Sabia que pode apadrinhar uma cerejeira do Fundão? (nós já o fizemos)



O Município do Fundão apresentou no mês de maio a sua “Campanha da Cereja do Fundão”, composta por diversas atividades e iniciativas. Embora este ano a Festa da Cereja decorra em formato online, tem ainda ao dispor programas como viagens de comboio turístico pelos cerejais, apanha de cerejas e passeios de tuk-tuk na região.

Neste contexto o Município dispõe de uma ação de apadrinhamento, pelo custo de 20 euros, qualquer cidadão pode apadrinhar uma cerejeira e acompanhar o seu crescimento ao longo dos anos.

A Green Savers já apadrinhou uma, e espera acompanhá-la no crescimento e florescimento.

Segundo nota no site da iniciativa “mais do que uma ação simbólica, ser Padrinho ou Madrinha de uma cerejeira do Fundão é sentir que está a contribuir para a regeneração da natureza, plantando e acompanhando o crescimento de uma árvore de onde poderá colher as melhores cerejas do mundo e saboreá-las com os que mais lhe são queridos.

Ao apadrinhar uma destas árvores o padrinho ou madrinha tem o direito de ter uma placa identificativa com o seu nome na árvore que apadrinha. Esta placa será colocada na árvore, com a data de plantação e o nome do padrinho/madrinha. Tem ainda o direito a um diploma de apadrinhamento e receberá informações referentes ao crescimento da sua árvore, a partir do dia da plantação da sua árvore.

Até que a sua cerejeira dê fruto, o padrinho / madrinha tem direito, durante a época das cerejas, a uma caixa de 2kg de cereja do Fundão, anualmente, assim como vouchers de descontos nos Postos de Turismo do concelho do Fundão.

A árvore pode ser visitada e há que zelar e preservar a área envolvente em cada visita feita.

No seguimento do seu mote “Cerejeira – Árvore da Vida”, a autarquia lançou também uma iniciativa para os bebés que nascerem no mês de junho. Estes têm a oportunidade de apadrinhar uma cerejeira e de receber 1 quilo de cerejas do Fundão, de forma gratuita. As inscrições estão abertas no site.

Como explica a Câmara do Fundão, “os inscritos [neste caso os pais do bebé] irão receber um quilo de “Cereja do Fundão” e a partir do primeiro ano, sempre que se demonstre que foi visitar a árvore no ano em causa irão continuar a receber um quilo de cereja. Com esta iniciativa pretende-se fidelizar as famílias à marca e ao território”.



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.