Câmara de Santo Tirso investe 1,2ME na valorização das margens dos rios Ave e Vizela



A Câmara de Santo Tirso vai investir cerca de 1,2 milhões de euros na valorização do corredor ribeirinho entre os rios Ave e o Vizela, numa extensão de 18,5 quilómetros, foi ontem anunciado.

Em comunicado, a câmara do distrito do Porto explica que o investimento prevê a limpeza das margens e desobstrução de leitos e a plantação de 17 mil árvores autóctones.

Citado pela nota de imprensa, o presidente da autarquia, Alberto Costa, explicou que “a empreitada é a base que permitirá, no futuro, a criação de um novo corredor ecológico entre o recentemente inaugurado Parque do Verdeal – que une as margens de Vila das Aves e São Tomé de Negrelos – e o Parque Urbano Sara Moreira, em Santo Tirso”.

Na cerimónia de apresentação, que decorreu ao final da manhã de hoje, o autarca socialista revelou que “até ao momento, já foram executadas as primeiras limpezas em cerca de 80% da área prevista, prevendo-se que a intervenção esteja concluída em abril próximo”.

“Com as intervenções em curso, estamos a marcar um antes e um depois destes dois rios, aos quais pretendemos dar uma nova vida, após décadas de problemas que levaram as populações a afastar-se destes percursos naturais”, acrescentou.

A intervenção em curso nas margens do Ave e do Vizela, acrescenta o comunicado, passa pela “contenção de flora exótica e/ou invasora, bem como pela poda de formação, limpeza e remoção de resíduos e, ainda, plantação de espécies autóctones”.

Simultaneamente, estão a ser utilizadas técnicas de engenharia natural, valorização do habitat de fauna-alvo, ações integradas de retenção natural de água no solo e áreas envolventes, reabilitação de estruturas degradadas e criação de açudes com passagens para peixes destinadas a repor espécies e a qualidade ecológica, continua a nota de imprensa.

Estas intervenções, disse Alberto Costa, realizam-se no âmbito do Plano Estratégico de Reabilitação de Linhas de Água (PERLA), implementado pela Câmara de Santo Tirso, sendo o investimento financiado pelo Programa Operacional Competitividade e Internacionalização, na sequência de um protocolo assinado entre o município e a Agência Portuguesa do Ambiente.

Alberto Costa anunciou ainda que a construção da ligação pedonal e ciclável entre o Parque do Verdeal e o Parque Urbano Sara Moreira deverá avançar em 2025, aguardando “pelo respetivo financiamento, pois o projeto prévio está concluído, o anteprojeto tem data de conclusão prevista para março e o projeto de execução – que integra as especialidades – deverá estar pronto em dezembro”.

Esta ligação terá uma extensão de aproximadamente seis quilómetros, assinala o comunicado.





Notícias relacionadas



Comentários
Loading...
viagra before and after photos what to expect when husband takes viagra