Câmara de Seia distribui lâmpadas economizadoras grátis

A Câmara Municipal de Seia está a distribuir, porta a porta, lâmpadas economizadoras em cerca de 15 mil casas, com o objectivo de fazer do concelho o primeiro do país sem lâmpadas incandescentes. A iniciativa começa na Primavera, no Sabugueiro, a aldeia mais alta de Portugal.

A campanha insere-se no projecto Eco2Seia: Low Carbon City e, até final deste ano, estender-se-á às restantes 28 freguesias do concelho, com mais de 26 mil habitantes. “Contamos com a ajuda dos presidentes das juntas de freguesia, das associações e dos grupos de escuteiros locais para angariar voluntários”, disse a Caos, parceira do projecto.

Ainda assim, falta quem pague as lâmpadas, que serão entregues aos moradores de forma gratuita. O objectivo é ajudar a população a poupar 750 mil euros na factura anual da electricidade, evitando, simultaneamente, “a emissão de mais de 1.350 toneladas de dióxido de carbono”.

Cada habitação ainda tem, em média, 11 lâmpadas incandescentes, por isso, para que a troca seja total, devem ser necessárias cerca de 200 mil novas lâmpadas economizadoras, que consomem até menos 80% de electricidade do que as tradicionais, afirma o artigo na edição electrónica do Jornal Nova Guarda.  

Ao abrigo do Plano Estratégico Seia 2020, adoptado em Outubro passado, a autarquia quer também identificar produtos locais produzidos com baixas emissões de carbono, assinar um protocolo com os agentes do turismo para tornar o sector menos poluente, e desenvolver campanhas de aquisição de electrodomésticos mais eficientes.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...