com o apoio
em modo Escuro poderá poupar até 30% de energia. Saiba mais

Chegou a Portugal a Meatless Farm, um substituto da carne animal

A carne ainda está muito presente na dieta dos portugueses; segundo dados do Instituto Nacional de Estatística, cada habitante do território nacional consumiu em 2019, 119 quilogramas de carne.

No entanto, começam a ocorrer algumas mudanças e uma maior abertura para diferentes hábitos alimentares. De acordo com os dados do II Grande Inquérito sobre Sustentabilidade em Portugal publicado em 2019, 50,6% dos inquiridos estão dispostos a reduzir o consumo de carne e 45,1% a apostar numa alimentação de base vegetal.

Chega agora a Portugal a Meatless Farm, um substituto da carne feito à base de plantas, sustentável e rico em nutrientes. Os produtos da marca utilizam menos 90% de terra e 70 a 80% menos água, contribuindo diretamente para o ambiente e para biodiversidade.

O projeto foi desenvolvido pelo dinamarquês Morten Toft Bech, e o primeiro alimento desenvolvido foi o picado (similar em aspeto à “carne picada”), alargando-se posteriormente aos hambúrgueres, nuggets, salsichas, almôndegas e bifes panados.

Atualmente, a Meatless Farm está à venda em 24 países e conta com cerca de 100 colaboradores entre a Europa, Singapura e Estados Unidos. Em Portugal,já é possível encontrar estes artigos em plataformas como a Easygreen e brevemente também no Recheio MasterChef.

De acordo com Morten Toft Bech, “este é um caminho irreversível, porque o mundo não pode continuar a insistir em hábitos de consumo que o destroem. Não precisamos de ser fundamentalistas para inverter o nosso caminho. Precisamos de dar os passos certos e responsáveis na forma como consumimos e produzimos aquilo que comemos. O trajeto da Meatless Farm é o início de uma caminhada e de uma mudança de comportamento que queremos fazer também em conjunto com os consumidores portugueses”, conclui.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...