Cinco empresas ligadas ao setor da mobilidade elétrica criam nova associação portuguesa



Acaba de nascer a Associação Portuguesa de Operadores e Comercializadores de Mobilidade Eléctrica (APOCME), uma criação que surge através de uma parceria entre a PRIO, a EDP Comercial, a Galp Power, a KLC e a Mobiletric.

A Associação tem como principal objetivo ser um fórum de defesa das empresas do setor e dos próprios utilizadores, apoiando e impulsionando o crescimento da mobilidade elétrica no país.

O grupo vai promover estes valores junto do Governo e das principais entidades nacionais e internacionais, assim como aproximar-se do público em geral, proporcionando um conhecimento crescente sobre os benefícios da mobilidade elétrica nas suas várias componentes: ambientais, que se traduzem numa mobilidade sem emissões de carbono; económicas, com o custo total de propriedade de um elétrico cada vez mais baixo, face a um veículo a combustão; e fiscal, devido aos incentivos atualmente em vigor.

O Presidente da APOCME, Carlos Ferraz, também Responsável da Mobilidade Elétrica da PRIO, afirma que “Apesar de legislada em Portugal há mais de 10 anos, a mobilidade elétrica apenas entrou na fase de mercado no final de 2018. Nestes últimos três anos temos assistido a uma evolução enorme no mercado – em número de veículos e utilizadores, na dimensão da rede de carregamento e em novas soluções que facilitam a adoção deste tipo de mobilidade por novos UVE. Faz por isso todo o sentido a criação da APOCME. Pretendemos unir esforços com a indústria para um desenvolvimento sustentável da mobilidade elétrica com foco no utilizador”.



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.