Circula: o movimento cívico pela mobilidade sustentável

Carline de Almeida e Fernando Silva são os vencedores do desafio que o Green Projet Awards (GPA), plataforma multissectorial de referência no sector do ambiente, e o Clube de Criativos de Portugal (CCP) lançaram à comunidade criativa em Portugal.

A dupla venceu com a proposta CIRCULA: Movimento Cívico pela mobilidade sustentável que, a partir de agora, dá identidade ao movimento dedicado à mobilidade sustentável e que visa sensibilizar e motivar a sociedade para a necessidade de adoptar comportamentos mais sustentáveis, numa perspectiva de protecção e melhoria do ambiente e da qualidade de vida nas cidades.

De acordo com os autores, CIRCULA pretende ser uma marca capaz de se construir nos pilares da mobilidade, sustentabilidade e partilha, mas também capaz de se desconstruir, mostrando a versatilidade e capacidade de adaptação que se espera do movimento.

A forma circular é inspirada na representação iconográfica dos três pilares (mobilidade, sustentabilidade e partilha). Partindo do ponto “A” – como acontece em qualquer trajecto – deixa liberdade para que se escolha qual o destino ou o ponto “B”. É com a premissa da mobilidade que a circunferência sai de si mesma (sempre do ponto “A”) para dar origem a qualquer conteúdo que se pretenda criar.

Naturalmente relacionado com a forma apresentada, o termo “circula” tem a particularidade de ser, entre outros, um sinónimo de palavras como “anda”, “passa”, “transita”, “move” e “desloca” – todas elas expressões que indicam mobilidade.

Foto: via Creative Commons 

Patrocinadores