Derretimento de todo o gelo do Planeta transformaria Coimbra em cidade costeira (com FOTOS)

Existem mais de oito milhões de quilómetros cúbicos de gelo na Terra. Alguns cientistas acreditam que demoraria cerca de cinco mil anos para que derretesse todo. Mas, se continuarmos a aumentar os níveis de dióxido de carbono da atmosfera, é bem provável que derretamos todo o gelo da Terra bem antes dos cinco mil anos apontados. Caso isso aconteça, o nível da água do mar subiria 66 metros e a temperatura média do planeta passaria de 14,4ºC para 26,6ºC.

A National Geographic fez uma simulação gráfica do aconteceria se todo o gelo do planeta terra derretesse e se fundisse com os oceanos. A conclusão é que as consequências seriam devastadoras para as zonas costeiras continentais.

No caso de Portugal, toda a linha litoral desapareceria assim como a costa algarvia. Porto e Lisboa ficariam completamente submersos e cidades como Coimbra passariam a ser zonas costeiras.

Na restante europa, países como a Holanda e a Dinamarca ficariam completamente submersos. O Reino Unido tornar-se-ia uma espécie de manta de retalhos e Londres desapareceria, assim como Veneza, em Itália. As águas do Mediterrâneo expandir-se-iam e engoliriam o Mar Negro e o Cáspio.

Na América do Sul, uma parte considerável da Amazónia ficaria submersa e Austrália ganharia um mar interior, sendo que a sua zona litoral, onde vive a maior parte da população, desapareceria.

Veja aqui o aconteceria a Portugal e ao resto do mundo se o nível das águas do mar subisse 66 metros. E, nas fotos abaixo, veja como ficaria cada continente, considerando o mapa actual (nas linhas brancas) e o mapa provável.

 

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...