Desastres naturais provocam 14 milhões de deslocados por ano

Num estudo feito com base em dados recolhidos em 204 países e territórios, a ONU concluiu que os desastres naturais levam a uma média de 14 milhões de deslocados por ano. O documento refere também que o número de pessoas afectadas tende a aumentar.

Caso não existam progressos significativos ao nível da prevenção e gestão de riscos, sobretudo nos países mais vulneráveis, maioritariamente situados no sudeste asiático, o contingente de deslocados aumentará de ano para ano, refere o último relatório da UNISDR, a agência da ONU para a Redução dos Riscos dos Desastres.

Apesar destes números serem avassaladores, não incluem dados sobre o efeito das secas e do aumento do nível do mar, por serem fenómenos de progressão mais lenta. As inundações e os efeitos directos dos tufões e ciclones foram o objecto principal deste estudo, que identifica a Índia, China, Bangladesh, Vietname, Filipinas, Birmânia, Paquistão, Indonésia, Rússia e Estados Unidos como os dez países onde se registou um maior número de desalojados.

Baseada neste rastreio, a UNISDR avisa que estas movimentações em massa estão ligadas à falta de governabilidade, à pobreza, degradação dos ecossistemas e a um desenvolvimento urbano caótico.

Foto: via Creative Commons 

Patrocinadores

css.php